segunda-feira, dezembro 08, 2008

golem


na fronte ainda úmida,
que a mão moldou, inacabada,
escrevo a sentença que te levará, sem ânimo ou vontade,
a todas as paisagens ocultas pela noite.
.
serás a força bruta além do entendimento dos oráculos,
e não conhecerás teus sonhos.
.
ninguém te perguntou se na fadiga
dessas mãos de barro algum sentimento adormeceu,
ou se esperam de ti o que não podes dar.
eu sei que, além de saibro, nada existe.
.
como te invejo, oh criatura mítica,
pelo que tens: a glória do indefinível!
o barro tudo assume, tudo cala.


Carlos Henrique Leiros


[no credits (elena retfalvi)]

9 comentários:

livia soares disse...

Eita!
Fui a primeira a comentar...
Até que enfim você voltou.
E com a elegância de sempre.
Que bom!
Um abraço.

Tinta Azul disse...

Que bom ter voltado.

Para moldar as palavras com a elegância já dita pela Lívia.
Pintura sobre o barro nu.

Abraço :)

Tinta Azul disse...

Ah e eu fui a 2ª!
:)

vendaval com poesias disse...

Caro amigo Carlos

Que bela surpresa contar com seus versos novamente aqui, depois de demorada ausência. Nos fez falta,muita falta, afinal amigos sempre são importantes, e os bons amigos, como vc, insubstituíveis.

Voltou de uma forma triunfal. Como sempre com seus belos versos - bem sabe da minha admiração pelo seu lado extremamente sensível- afinidades que compartilhamos por longa data.

Um poema que me levou a pensar, a reler por várias vezes e consegui vizualizar (sabe que adoro isso)essas mãos ainda molhadas com o frescor do barro fresco, calorosa,
com vida, mãos que escrevem a poesia, mãos que sonham, acalentam, abraçam...o que mais esperar, se isso basta?

um abraço meu caro amigo, se me permite, me sinto demasiadamente feliz com sua volta,
da amiga de sempre,
Edna.

Tata disse...

Imaginei cá alguém sentado, com as mãos sujas, moldando uma falta de expressão, muda, vaga, embora tudo fale.

:)

livia soares disse...

My Dear CH,
I wish you a very merry Christmas and a happy New Year.
Um abraço.

Tinta Azul disse...

Caro Carlos

Que você e os seus tenham um Natal muito bom, é que desejo mesmo.
Abraço

:)

rogerio santos disse...

que ótimo que tenhas voltado...
muita saúde e um 2009 com muita poesia para compartilhar...

Abraços
Rogerio

Ana Isabel disse...

Feliz...esperado...regresso! Agradeço o "presente" das suas palavras no hálito.
Aguardo os dias futuros de novos encontros por aqui.
Um ano Feliz para todos nós!
Abraço
Ana Isabel